Tuesday, May 31, 2005

Olhares

Olhares perdidos no mar perscrutam a tua pessoa. Olhando bem ao longe vejo um braço agitado que logo desaparece para aparecer a meu lado. Tocas a minha mão e eu olho o teu sorriso e o teu corpo nu. Abres os braços para me receberes no teu ninho. Deito a cabeça no teu peito e tu afagas-me o cabelo e enlaças-me com as pernas...




E ficamos assim durante horas, sem mais nada, só com o carinho um do outro.




E assim fizemos amor,
porque nem só com sexo se faz amor.

Beijos ternos

0 Comments:

Post a Comment

<< Home