Monday, April 25, 2005

O Desejo

Desejo,
desejo apenas

O teu corpo
o teu odor
o teu cabelo
as tuas mãos
a tua beleza
o teu ser!

Desejo,
desejo tarde

Pegar em ti
e elevar-te por cima do mundo.
Beijar os teus lábios
e não mais os deixar falar.
Acariciar teu peito
e mergulhar em ti até à eternidade.

Desejo,
desejo ardente

Do teu ar
do teu sexo
da tua alma
da tua entrega
do teu mundo
de ti toda.


Desejo,
desejo tudo

Agarrar-te e deitar-te no chão
cobrir-te com o meu tesão
ouvir a tua paixão.

Estas palavras são a minha traição
do meu desejo
de te ter comigo.
Toco o meu corpo
e imagino-te a meu lado,
Por cima de mim.

Amor?
Eu não sei o que é o amor...

1 Comments:

Blogger Delírio da Loirinha said...

Olá "C"!
Muito bonito o teu poema... Somos seres insatisfeitos e vivemos de tentar satisfazer os nossos desejos mais profundos.
Beijinhos doces
DL

2:19 AM  

Post a Comment

<< Home